Prefeitura de Dourados
Secretaria de Sade de Dourados

Assistência Social entrega projeto para Cras a parlamentares

Deputado federal Luiz Henrique Mandetta recebe de secretárias, documento que pede apoio para não reduzir recursos do SUAS – Divulgação

A secretária de Assistência Social de Dourados, Ledi Ferla, entregou  pessoalmente na tarde desta segunda-feira, ao deputado federal Luiz Henrique Mandetta, em seu escritório, na Capital, o projeto do novo Cras (Centro de Referência e Assistência Social) do Jardim Guaicurus, para que o parlamentar possa encaminhá-lo em Brasília (DF) e viabilizar recursos para a obra. Ela ainda entregou a carta aberta em defesa do SUAS (Sistema Único de Assistência Social), que protesta contra a redução de 96% dos recursos do setor para o orçamento do ano que vem.

Os documentos foram encaminhados também ao senador Waldemir Moka (PMDB) e deputados federais José Orcírio Miranda dos Santos (Zeca do PT) e Vander Loubet (PT) nos respectivos escritórios em Campo Grande.

Segundo a secretária, o Jardim Guaicurus é um bairro que necessita de um Cras para atender às principais necessidades sociais da população do próprio bairro e em seu entorno, que a meta é inaugurar a obra no ano que vem e que os recursos solicitados à União serão importantes para a conclusão da obra e aquisição de equipamentos.

Mandetta destacou o bom relacionamento com a prefeita de Dourados, Délia Razuk, para onde já destinou mais de R$ 3 milhões em recursos federais este ano e afirmou que vai encaminhar os documentos aos órgãos competentes em Brasília, para que o projeto do novo Cras do Jardim Guaicurus seja atendimento e que vai discutir com os membros da Comissão Mista de Orçamento, da qual faz parte, e no Ministério do Planejamento, e apresentar a reivindicação para a não redução dos recursos do SUAS.

Deputado federal Luiz Henrique Mandetta recebe de secretárias, documento que pede apoio para não reduzir recursos do SUAS – Divulgação

Segundo Mandetta, o orçamento de 2018 ainda não foi votado no Congresso Nacional e, para que seja aprovado, o deputado defende que nenhuma redução ou corte – ainda mais de 96% dos recursos do SUAS – seja efetivado. “Vamos atuar na Câmara dos Deputados para atender às demandas de Dourados, mantendo nossa posição contrária a qualquer tipo de redução orçamentária na assistência social, apenas a realocação de recursos”, afirmou deputado.

Ledi Ferla, que estava acompanhada das secretárias de Assistência Social de Itaporã, Tânia Mara Carli Custódio; de Deodápolis, Márcia Cristina e de Rio Brilhante, Sandra Cottica – que reforçaram o pedido pela não redução dos recursos do SUAS – agradeceu o apoio de Mandetta e argumentou que os 11 municípios da região participaram do manifesto realizado em Dourados no dia 14 passado, resultando na carta aberta em defesa dos recursos para a política de assistência social em 2018.

 

Desenvolvido pelo Depto de Tecnologia da Informação - Secretaria Municipal de Administração - Prefeitura de Dourados - 2017