Campanha de vacinação contra Influenza entra na última semana

Campanha de vacinação contra gripe segue até a próxima sexta-feira, 31 de maio

Na reta final da campanha de vacinação contra Influenza, Dourados atingiu 77% do público-alvo dos grupos prioritários e o Núcleo de Imunização busca estratégias junto a Secretaria de Saúde para alcançar quem ainda necessita tomar as doses. A ação segue até o dia 31 de maio e as vacinas são disponibilizadas nas 36 Unidades Básicas de Saúde do município.

Conforme direcionamento do Ministério da Saúde, as doses são disponibilizadas para puérperas (que deram à luz recentemente), trabalhadores em saúde, professores, população indígena com idade a partir de 6 meses, idosos com idade a partir de 60 anos, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos que estejam sob medida socioeducativa, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, além de pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis.

De acordo com o Núcleo de Imunização, são mais de 62mil pessoas imunizadas em Dourados, nesta campanha, sendo que 98% dos idosos foram alcançados, percentual que chega a 71% no caso das crianças, 76% dos trabalhadores em saúde e professores, 58% das gestantes e 59% das puérperas.

Edivan Marcelo Morais, gerente do Núcleo de Imunização, destaca que o número de gestantes e puérperas é variante e impacta no percentual alcançado.

“A demanda é flutuante, o que significa que não é específica. Por conta disso, gestantes e puérperas são os grupos específicos que podem receber as dosagens em qualquer período do ano”, apontou.

A população total dos grupos no geral é de 80.365 pessoas, em Dourados, conforme dados do Vacinômetro, do Ministério da Saúde.

As pessoas inclusas nos grupos prioritários que ainda não tomaram as doses contra a Influenza, devem se dirigir a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua residência, no horário entre 7h às 11h e 13h às 17h, com documento de identificação, sendo que os portadores de doenças crônicas devem levar atestados devidos, e cartão de vacinação para gestantes ou crianças.

Até o momento, o Ministério da Saúde não informou sobre possibilidade de prorrogação da Campanha.

 

Desenvolvido pelo Depto de Tecnologia da Informação - Secretaria Municipal de Administração - Prefeitura de Dourados - 2019