Central de Matrículas consegue eliminar por completo as filas

A Central de Atendimento à Matrícula, em seu segundo ano, já conseguiu acabar por completo com as filas que existiam na frente das escolas durante o período que antecedia as aulas. O coordenador Agnaldo Jacomelli disse nesta terça-feira (11.02) que “mais uma vez conseguimos ter a eficiência de 100%”. Neste ano foram realizadas reuniões com diretores de escolas por região e muitos dos problemas verificados no ano passado em nível de Educação Infantil agora foram resolvidos a partir de uma melhor integração com as escolas estaduais e municipais. Salas que estavam ociosas no período noturno, por exemplo, foram destinados ao Ensino de Jovens e Adultos (EJA) e outras que ficavam vazias à tarde passaram também a ser ocupadas. Em nível de Educação Infantil foram matriculados 2.160 novos alunos neste ano na Pré-Escola 3, isso para não mencionar as crianças de 0 a 5 anos que foram colocadas nos Centros de Educação Infanto-Juvenil (berçário, Jardim 1 e 2 e Pré 1 e 2) que não passam pela Central de Matrícula que trabalha apenas com o Ensino Fundamental. A rede municipal tem neste ano 16 mil alunos e a estadual mais 18 mil. O coordenador disse que ainda existem desafios pela frente como aumentar o nível de integração entre os diretores de escolas, pois, apesar de se evitar as filas e todas as crianças terem sido encaixadas, ainda há casos de unidades superlotadas e outras com espaços ociosos. Ele disse que a central é o mecanismo para dar suporte técnico a essa questão e que a melhor redistribuição das vagas passa também pelo reconhecimento da importância desse serviço junto à comunidade e junto às unidades educacionais. Independente de ter diminuído o ritmo de trabalho da central, a quarta designação acontece agora entre os dias 15, 16 e 17 de fevereiro e os pais começam a receber as cartas confirmando as matrículas a partir do dia 17. Além disso, ela continua atendendo os casos quando os pais mudam de bairro e outras situações inerentes ao setor. “Mas estabelecer uma maior integração entre a Secretaria de Educação, a Central e as unidades escolares é um grande debate que precisamos fazer”.

Publicado em: 11/02/2003 as 20:36 horas
Desenvolvido pelo Depto de Tecnologia da Informação - Secretaria Municipal de Administração - Prefeitura de Dourados - 2019