Prefeitura de Dourados
Secretaria de Sade de Dourados

Cursos gratuitos de mecânica têm início no Cras da Aldeia Bororó

Aula inaugural dos cursos profissionalizantes do Arandu Ambue aconteceu nesta segunda-feira – A. Frota

Jovens das etnias Kaiowá, Guarani e Terena, moradores das aldeias Jaguapiru e Bororó, participarão de cursos profissionalizantes gratuitos, oferecidos pelo Senai, na Reserva Indígena de Dourados. As aulas de mecânica de motos e de carros tiveram início nesta segunda-feira (12), no Cras (Centro de Referência da Assistência Social) da Aldeia Bororó.

Técnicos da Assistência Social que atuam no Cras e no Creas (Centro de Referência Especializado da Assistência Social) estruturaram o projeto Arandu Ambue, que foi inscrito para seleção do Itaú Social e contou com recursos financeiros da instituição.  A proposta para levar perspectivas de futuro para os indígenas de Dourados foi contemplada em primeiro lugar, em nível nacional.

“Durante os atendimentos com os indígenas, em especial os que cumprem medidas sócio-educativas, notamos que era necessário incentivá-los a carreiras profissionais e começamos estratégias criativas”, conta a psicóloga Ana Silvia Botareli.

O assistente social do Cras da Aldeia Bororó, Kenedy de Souza Morais, explicou que o projeto inscrito teve todo apoio da gestão Délia Razuk e impactará na vida de jovens em liberdade assistida, que cumprem medidas sócio-educativas, além de jovens em vulnerabilidade social.

“Inscrevemos o projeto, levamos ao conhecimento da gestão, da Assistência Social e tivemos todo suporte para encaminhar as propostas, diante da preocupação da administração municipal em apoiar propostas que incentivem a educação e formação desses jovens. Fomos contemplados com o primeiro lugar nacionalmente, o recurso foi direcionado para o Fundo da Criança e do Adolescente do município e houve empenho da gestão para que rapidamente fosse direcionado para utilizarmos dentro das ações”, disse.

Emilena Arce, 22, participará dos cursos. Ela conta que viu no projeto uma grande oportunidade e está bastante feliz, pois não contava com recursos financeiros para investir em cursos como estes.

“Tenho um tio que tem oficina e eu ajudo ele em algumas coisas; sempre tive vontade de aprender, me capacitar, mas como moro na aldeia seria difícil ir todo dia para o centro da cidade e não tinha dinheiro para cursos assim; agora vou poder fazer aqui mesmo na reserva. Estou muito feliz, vai me ajudar financeiramente depois, vou ganhar melhor do que com diárias que é meu trabalho hoje”, conta.

As aulas serão ministradas com parceria do Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), três vezes por semana cada curso.

Nesta segunda-feira (12) foram iniciadas as aulas do curso de mecânica de motos e carros. Em breve será iniciado o curso de manicure e pedicure. A previsão de término das aulas é dezembro de 2019 e haverá certificação.

“A idéia é fazer com que esses jovens despertem, tenham um futuro, a possibilidade de ingressar no mercado de trabalho, além do fortalecimento dos vínculos comunitário”, conclui Kenedy.

Arandu Ambue é direcionado pela Secretaria de Assistência Social por meio de técnicos do Creas, Cras e entidades voluntárias.

Desenvolvido pelo Depto de Tecnologia da Informação - Secretaria Municipal de Administração - Prefeitura de Dourados - 2019