Em reunião com a prefeita Délia, CCR anuncia intervenções em acessos da BR-163

Representante da concessionária CCR MS Via foi recebido pela prefeita Délia Razuk manhã desta terça-feira – A. Frota

Em breve se tornará realidade a melhoria do trânsito na BR-163 nos trevos ‘do DOF’ (entroncamento com a rua Coronel Ponciano e MS-156) e ‘da Bandeira’ (entroncamento com a Avenida Hayel Bon Faker e BR-463, uma luta constante da prefeita Délia Razuk desde os primeiros meses de mandato.

A informação positiva foi dada na manhã desta terça-feira (4) pelo representante da CCR MSVia, Claudeir Alves Mata, que se reuniu com a prefeita, o secretário de Planejamento Carlos Dobes, e o diretor da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), Carlos Fábio, para tratar de assuntos referentes a intervenções na rodovia que ‘corta’ o perímetro urbano de Dourados. O vereador Junior Rodrigues também participou da reunião.

Visando mais comodidade e segurança aos usuários do trânsito nos acessos aos bairros adjacentes, principalmente de pedestres e ciclistas, a empresa apresentou o estudo de intervenção provisória em resposta as constantes solicitações da administração municipal que atende pedido dos moradores.

Claudeir apresentou os projetos para uma estrutura de desaceleração e aceleração no acesso aos residenciais da região das Chácaras Trevo e Campo Dourado, via trevo da Bandeira e, no trevo do DOF, a intervenção com o alargamento da pista, calçamento e construção de passagem para pedestres com a devida sinalização e mecanismos de redução de velocidade do tráfego.

Ainda que paliativa, a medida foi comemorada pela prefeita Délia enquanto aguarda a definitiva intervenção da concessionária com a execução dos projetos de desníveis, viadutos e passarelas.

O porta-voz da empresa ressaltou que estes projetos para melhorar a estrutura dos acessos de forma definitiva com mobilidade e segurança estão emperrados por questões contratuais e financeiras da concessionária com o governo federal, mas a atuação da prefeita e a necessidade de intervenção moveram a CCR. “Temos a responsabilidade e a sensibilidade de reconhecer a importância da segurança nestas travessias e estamos aqui para trazer a informação que daqui a 60 dias iniciaremos obras nas regiões dos trevos do DOF e da Bandeira para melhorar o acesso dos moradores de bairros para além da rodovia”, disse Claudeir.

Claudeir ressaltou a importância da articulação política da prefeita Délia Razuk em conseguir um diálogo com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) desde o fechamento dos acessos no primeiro ano de mandato. “Isto resultou em audiência junto ao ministro dos Transportes e o senador Moka, que resultou na visita de técnicos da ANTT a Dourados e flexibilizou a relação com a agência reguladora. A ida da prefeita a Brasília mudou muita coisa nestes processos”, disse.

O secretário de Planejamento Carlos Dobes enalteceu a disposição da prefeita em defender o interesse da população do município. “A prefeita está desde 2017 trabalhando administrativamente nas intervenções que a CCR fazia ao longo da rodovia no perímetro de Dourados, na discussão pela execução das marginais e agora no acesso, uma vez que os viadutos, que era o que se esperava fazer, devem demorar. Esta notícia nos alivia no sentido de que, mesmo provisoriamente, vai melhorar muito a condição do tráfego nestes locais”, disse.

O trabalho de adequação dos projetos enviados à ANTT teve a revisão e contribuição da Seplan. Além das reuniões da prefeita em Brasília, a Seplan recebeu moradores dos bairros para tratar das intervenções. “Temos buscado incansavelmente esta definição”, disse Dobes.

Ainda no Campo Dourado, mas na travessia da BR-463, Dobes ressalta que as tratativas acontecem diretamente com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), responsável pela rodovia. A intenção é melhorar o acesso também no local.

 

EDUCAÇÃO

Além das obras, a CCR ressalta que a parceria com a prefeitura, através da Agetran, é fundamental para que a intervenção seja efetiva. “Faremos as obras e precisamos que a população entenda que fazer os contornos, respeitar a sinalização e utilizar a faixa será fundamental para a concretização dos resultados de segurança. Para isso, estamos já há algum tempo fazendo campanhas em escolas e fixando estes procedimentos no conhecimento das gerações”, disse.

O diretor da Agetran, Carlos Fábio, reforçou o pedido. “A educação para o trânsito só se torna eficaz quando a população acata e procede de forma correta. Nestes acessos, quando as melhorias estiverem concluídas, é importante que se opte pelo caminho mais seguro, e não o mais rápido”, finalizou.

 

Publicado em: 04/06/2019 as 12:54 horas
Desenvolvido pelo Depto de Tecnologia da Informação - Secretaria Municipal de Administração - Prefeitura de Dourados - 2019