Prefeitura de Dourados
Secretaria de Desenvolvimento Econmico e Sustentavel de Dourados

Festa do Peixe

A Festa do Peixe, já tradicional no município de Dourados, tem se consolidado nos últimos anos como um dos maiores eventos culturais do Mato Grosso do Sul, passando inclusive a constar no calendário nacional do Ministério de Turismo.

E esse reconhecimento comprovado demonstra que a festa, além de seu caráter cultural relevante, é responsável também pela movimentação de toda uma cadeia de pessoas e setores importantes que ajudam a fomentar a economia do município.

Dourados tem uma localização geográfica privilegiada. Pertencente à bacia hidrográfica do Rio Paraná, o município é cercado por importantes rios e lagos que fazem da pesca uma atividade comum, tanto esportiva quanto produtivamente. Nos últimos anos, a piscicultura tem crescido vertiginosamente em nossa região e hoje são inúmeros os produtores que trabalham com afinco para que chegue à mesa de nossa gente o pescado. Nesse sentido, a Festa do Peixe concentra grande parte de seus esforços em propiciar durante o evento a comercialização do peixe, auxiliando no elo entre produtor e consumidor. Por acontecer sempre na Semana Santa, onde a procura por peixes aumenta muito, a festa se tornou uma ótima opção para os douradenses e todo o seu entorno.

Devido ser realizada em espaços públicos com um ou mais lagos, em todas suas edições a atração principal da festa tem sido o Torneio de Pesca: uma disputa saudável, dividida em categorias (parapesca, infantil e adulto) onde o participante que conseguir pescar o peixe mais pesado recebe uma premiação. O Torneio sempre atrai um número significativo de inscritos.

Em 2017, em sua 13º edição, pela primeira vez o evento aconteceu simultaneamente em dois parques da cidade de Dourados, o Rego d´Água “Primo Fioravante” e o “Antenor Martins”, também conhecido como Parque do Lago. Junto dessa novidade, vieram várias outras.

Durante todo o evento, nas praças de alimentação, além das tradicionais barracas que oferecem sempre um cardápio variado, nesse ano os Food Trucks também estiveram presentes. Nessa mesma área foi realizado o primeiro concurso gastronômico que premiou o melhor prato à base de peixe oferecido nas praças, e um curso para merendeiras da rede municipal de ensino inserirem no cardápio escolar os alimentos de pescados com baixo custo.

Parcerias com as universidades locais tornaram possíveis várias atividades: fiscalização diária dos peixes comercializados; verificação da qualidade da água dos lagos onde ocorreram o torneio, o concurso de gastronomia, curso para merendeiras e muito mais.

Aconteceram também muitas atividades esportivas em várias modalidades com premiação aos primeiros colocados: futevôlei, vôlei e futebol de praia. Novidade também foi a realização da 1ª Corrida do Peixe, um percurso de 5 km que reuniu aproximadamente 400 pessoas.

E o mais importante de tudo foi a participação da população que abrilhantou e tornou possível mais uma edição desse grande evento douradense.

Em números gerais, a 13º Festa do Peixe:

– comercialização aproximada 11 toneladas de peixes;

– 4 toneladas de peixe para o torneio e pesca livre;

– 40 mil frequentadores durante os 5 dias de festa.

 

Desenvolvido pelo Depto de Tecnologia da Informação - Secretaria Municipal de Administração - Prefeitura de Dourados - 2017