“Lixo-E Zero” recolhe 10 toneladas de resíduos e promove conscientização

Ação recolheu pelo menos 10 toneladas de materiais eletroeletrônicos considerados inservíveis

A primeira coleta municipal de lixo eletrônico, ocorrida na Praça Antônio João em Dourados, na quinta e sexta-feira, foi um sucesso. Promovida pela Prefeitura de Dourados, por meio do Instituto do Meio Ambiente, com o apoio das secretarias de Saúde e de Serviços Urbanos, a ação recolheu pelo menos 10 toneladas de materiais inservíveis considerados eletroeletrônicos, mas, sobretudo, fixou a ideia de descarte de materiais.

Conforme destaca o diretor do Imam, Fabiano Costa, os objetivos foram atingidos e a meta é realizar novas ações periodicamente. “Assim como a participação nas ações do CCZ, o Imam está contribuindo com a população no descarte de materiais de todos os tipos. A ação Lixo-e Zero é mais uma que torna Dourados mais limpa”, disse.

A realização da ação, inédita em Dourados, permitiu que pessoas desentulhassem as casas com materiais que estavam guardados há mais de 10 anos. “Para ter uma ideia, teve material que o cidadão estava guardando há 15 anos, aguardando uma ação como esta”, disse a educadora ambiental Deisy Claro Duarte. “Foram recolhidas 10 toneladas de lixo eletrônico encaminhados para a Capital em pelo menos 6 caminhões”, disse Deisy.

Assim, a ação cumpriu um primeiro objetivo de sanar uma demanda existente que sempre gera questionamentos quando o assunto é coleta de lixo.

O que também chamou a atenção foi que mais de 40% dos materiais deixados no polo montado na Praça era de equipamentos que estão funcionando. “Isto reflete o consumo consciente. Foram entregues materiais que ainda funcionam, ou seja, só estava obsoleto. Isto representa esta consciência, de não acumular algo por acumular”, explicou Deisy, ressaltando o cumprimento de um segundo objetivo: a consciência ambiental.

E esta construção de uma consciência sobre o descarte de lixo eletrônico, cujos materiais possuem elementos altamente poluentes, deve seguir com palestras. Deisy destacou a importância que esta consciência tem para as futuras gerações e informou que o Imam sempre atua na educação infantil tratando sobre estes temas nas escolas do município. “Neste mês de julho, inclusive, faremos mais palestras”, disse.

A iniciativa de promover a ação ambiental surgiu depois de vários mutirões da ação contra a dengue, denominada ‘Sábado Sem Mosquito’, quando foi percebida nas residências uma grande quantidade deste tipo de material.

Com realização da Prefeitura, além do Imam, o evento contou com a presença da Secretaria Municipal de Saúde, através do CCZ, e da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos. O apoio foi dos cursos de engenharia ambiental da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems) e gestão ambiental da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul, do Rotary Club Distrito 4470, dos grupos Escoteiros do Mar e Escoteiros Laranja Doce, e das empresas Financial Construtora, de Dourados, e Recic.Le, de Campo Grande.

 

Desenvolvido pelo Depto de Tecnologia da Informação - Secretaria Municipal de Administração - Prefeitura de Dourados - 2019