Mutirão de controle do Aedes aegypti fiscaliza em 2796 imóveis em dois dias

Equipes do Centro de Controle de Zoonoses intensificam fiscalização em várias regiões de Dourados – Divulgação/CCZ

Por meio do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), a Prefeitura de Dourados tem atuado firmemente no combate ao mosquito Aedes aegypti, reforçando cuidados com a saúde da população. Na semana anterior, um mutirão de dois dias fiscalizou 2.796 imóveis no município.

Dezenas de agentes atuaram com ações de bloqueio químico e orientação nas áreas centrais, no Jardim Tropical e áreas adjacentes. O direcionamento dos mutirões ocorre com base nos índices obtidos pelo LIRAa (Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti.

De acordo com Rosana Alexandre da Silva, coordenadora do CCZ, além de intensificadas as ações de controle do mosquito transmissor de dengue, febre chikungunya e zika vírus, ocorreu também o combate de outros vetores e zoonoses presentes e possíveis no município.

“Nosso trabalho de orientação e sensibilização da população é constante. Enfatizamos sobre a importância do comprometimento de cada um em manter limpos seus imóveis para que não haja depósitos propícios para proliferação destes vetores”, destaca.

O CCZ informou que o balanço dos dois dias de ações, além dos 2.796 imóveis fiscalizados, contou com 323 imóveis fechados, 31 focos de mosquito Aedes aegypti encontrados e 52 imóveis notificados, estes em situação crítica, os quais não estavam de acordo com o previsto na Lei Municipal nº 3.965 de 11 de fevereiro de 2016.

As ações de controle e prevenção continuam nesta semana em vários pontos da cidade. O objetivo da administração municipal é o controle das doenças e incentivo aos populares quanto ao zelo nos imóveis com foco em saúde pública.

Publicado em: 20/03/2018 as 12:35 horas
Desenvolvido pelo Depto de Tecnologia da Informação - Secretaria Municipal de Administração - Prefeitura de Dourados - 2018