Prefeitura de Dourados
Agncia de Habitao de Dourados

Obras das casas do Estrela Guassu avançam em Dourados

Obras seguem em ritmo acelerado para que os futuros moradores tenham logo a sua casa própria

Em ritmo bastante intenso, as obras das moradias do Residencial Honório Almirão (Estrela Guassu) avançam em Dourados. São 200 novas unidades habitacionais colocadas à disposição das famílias cadastradas no programa de habitação popular, por meio da Agehab (Agência Municipal de Habitação) e, já contempladas.

O novo residencial, localizado na Via Parque, próximo ao Parque Antenor Martins, está há 3 minutos do centro de Dourados. No local já está em funcionamento um Ceim (Centro de Educação Infantil Municipal).

Na tarde desta segunda-feira (16) a prefeita Délia Razuk esteve novamente no local vistoriando as obras e comentou sobre a localização privilegiada. “Os futuros moradores serão agraciados, além das casas, com toda a infraestrutura, escolas, área de lazer, comércio em geral e a grande vantagem de estar praticamente na área central, com o imóvel bem valorizado”, ressaltou.

O contrato para a construção das moradias foi assinado pela Prefeitura, Governo do Estado e a Caixa Econômica Federal no dia 30 de janeiro deste ano e serão R$ 27,3 milhões de investimentos, sendo R$ 20,5 milhões da União, R$ 4,2 milhões do Estado e R$ 1,6 milhão do município, que também doou o terreno.

Esse projeto, como lembrou o diretor da Agehab, Sérgio Henrique Martins de Araújo, foi recuperado mediante esforço da atual gestão municipal, depois que a prefeita Délia Razuk procurou o Ministério das Cidades com apoio da bancada federal de MS. A partir desse trabalho conjunto foi possível migrar o recurso que era do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) para o FAR (Fundo de Arrendamento Residencial).

CENTRO

A prefeita Délia Razuk aproveitou a visita ao residencial para anunciar que a prefeitura já está autorizada pela Caixa Econômica Federal a reiniciar as obras do Centro Social, um empreendimento que faz parte do conjunto de moradias e que está abandonado. Délia disse que a intenção é de retomar as obras assim que toda a questão legal for finalizada.

Desenvolvido pelo Depto de Tecnologia da Informação - Secretaria Municipal de Administração - Prefeitura de Dourados - 2018