Prefeitura de Dourados
Secretaria de Sade de Dourados

Seminário aborda dependência química e lança “Projeto Literário Comad 2018”

Mais de 500 pessoas participaram do Seminário sobre Drogas, na manhã desta quarta – A.Frota

O II Seminário de Sensibilização da Sociedade em relação ao Uso Abusivo de Álcool e outras Drogas reuniu mais de 500 participantes no auditório do bloco 10, da Unigran, na manhã desta quarta-feira (27). A ação organizada pelo Comad (Conselho Municipal Antidrogas) contou ainda com o lançamento do Projeto Literário Comad 2018, desenvolvido para a Rede Municipal de Ensino.

O evento teve como temáticas ‘o que é a dependência’, ‘enfrentamento a compulsão’ e ‘consequência da dependência química’.  Juliana Simczak Treuherz, psicóloga e psicanalista em formação, José Roberto Martinez, médico psiquiatra do HU, Márcia Cristina Pereira da Silva, enfermeira sanitarista, foram os palestrantes.

A coordenadora do Comad, Talita Rolim, explica que o foco foi em especial a capacitação das pessoas que lidam com a dependência química diariamente, seja nas áreas da saúde, educação ou assistência social, além dos que atuam em comunidades terapêuticas. As inscrições foram abertas a sociedade e ocorreram gratuitamente.

Ela cita sobre a fundamental sensibilização das áreas abordadas quanto ao apoio da participação dos profissionais. “Estamos trabalhando essencialmente a abordagem sem rótulo, a pessoa que enfrenta essa situação precisa de um olhar humano, sem julgamentos. Destaco que a Saúde liberou todos os agentes comunitários para participação, a assistência Social liberou profissionais para estarem aqui, bem como a Educação, isso é de suma importância, agregar conhecimento e sensibilização”, disse.

PROJETO LITERÁRIO

O Projeto Literário Comad 2018 foi lançado durante o evento. A Secretaria Municipal de Educação estrutura a ação junto as 45 escolas do município, com alcance a mais de 27 mil alunos que poderão inscrever poemas e crônicas dentro do tema: Vida sem Drogas.

Estão ainda à frente do projeto, além do Comad, a Prefeitura Municipal de Dourados e uma editora parceira.

Até dia 27 de agosto a participação será aberta aos alunos. Serão selecionados 83 poemas e 83 crônicas, número em alusão ao aniversário de Dourados.

Os trabalhos selecionados serão parte da coletânea talento estudantil douradense com divulgação no dia 20 dezembro, na Câmara Municipal.

Um dos idealizadores do projeto, Rogério Fernandes, do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) fala do envolvimento esperado da sociedade junto a proposta.

“É a sensibilização sobre uma vida livre de dependência. A tolerância ao álcool é uma porta para outras drogas. O aluno será autor da obra, isso é um referencial que acaba agregando no enfrentamento as drogas e levando esse tema para toda a família e toda sociedade”.

Haverá premiação em dinheiro para os cinco primeiro colocados em cada categoria.

ATENDIMENTO

Mais de 500 pessoas participaram do Seminário sobre Drogas, na manhã desta quarta – A.Frota

O atual atendimento no Caps AD (Centro de Atendimento Psicossocial- Álcool e Drogas) foi enfatizado por Márcia Cristina Pereira, enfermeira sanitarista. Ela ressaltou sobre o atendimento profissional com médico psiquiatra, clínico geral, psicólogos, equipe enfermagem e terapeuta com apoio ao paciente e a família.

“Cada usuário tem um plano de orientação para seu tratamento, o tratamento é eficaz e gratuito”, disse.

O Caps é um serviço ‘porta aberta’, não é necessário agendamento. Pacientes ou familiares que necessitam de orientação ou acolhimento deve se dirigir a unidade situada na rua Gustavo Adolfo Pavel, n° 155, vila Planalto. Telefone: 3411- 7778.

Desenvolvido pelo Depto de Tecnologia da Informação - Secretaria Municipal de Administração - Prefeitura de Dourados - 2018