Prefeitura de Dourados
Secretaria de Sade de Dourados

Servidores empossados na Assistência Social recebem capacitação no CadÚnico

Secretária de Assistência Social deu uma breve saudação aos servidores antes das palestras – A. Frota

A Prefeitura de Dourados, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, iniciou nesta terça-feira (19) um ciclo de palestras para capacitação de servidores recém-empossados na pasta acerca do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, o CadÚnico. A capacitação acontece por três dias na Casa dos Conselhos e tem como objetivo potencializar o serviço prestado durante a realização de cadastros das pessoas mais necessitadas destes amparos.

Conforme a secretária de Assistência Social, Maria Fátima Silveira de Alencar, a capacitação será ministrada a 19 servidores empossados em janeiro e que atuarão nas oito unidades dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) existentes no município. “Temos uma demanda importante no CadÚnico é muito interessante que os servidores estejam preparados para lidar com o público a fim de atende-lo da melhor maneira. Inclusive, alguns servidores que não tinham ainda esta capacitação, também estão participando dos ciclos”, disse. Maria Fátima deu uma breve saudação aos servidores antes do início das palestras.

 

TARIFA SOCIAL

Um dos principais assuntos é relativo à tarifa social de energia elétrica, benefício que pode ser solicitado pelas pessoas mais carentes e que, muitas vezes, por falta de informação, não atinge o objetivo. A diretora do departamento de Proteção Social Básica, Keli Pretti, destaca que é primordial a sensibilidade do servidor em entender o contexto das violações de direitos vividos por pessoas que procuram os Cras. “A capacitação serve para tornar ainda mais humanizado este atendimento, uma vez que quem procura a assistência social tem problemas que precisam ser resolvidos, mas que precisam ser entendidos também”, disse.

O Cadastro Único é um instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda, permitindo que o governo conheça melhor a realidade socioeconômica dessa população. Nele são registradas informações como: características da residência, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras.

A partir de 2003, o Cadastro Único se tornou o principal instrumento do Estado brasileiro para a seleção e a inclusão de famílias de baixa renda em programas federais, sendo usado obrigatoriamente para a concessão dos benefícios do Programa Bolsa Família, da Tarifa Social de Energia Elétrica, do Programa Minha Casa Minha Vida, da Bolsa Verde, entre outros. Também pode ser utilizado para a seleção de beneficiários de programas ofertados pelos governos estaduais e municipais. Por isso, ele é funciona como uma porta de entrada para as famílias acessarem diversas políticas públicas.

Este é mais um ciclo de capacitação promovido pela Assistência Social. Recentemente, técnicos que atuam diretamente com as famílias atendidas pela Semas em Dourados receberam uma capacitação para atividades ligadas ao Benefício de Prestação Continuada e ao Sistema de Gestão do Programa Bolsa Família.

 

Desenvolvido pelo Depto de Tecnologia da Informação - Secretaria Municipal de Administração - Prefeitura de Dourados - 2019