Prefeitura de Dourados
Secretaria de Sade de Dourados

Casa da Acolhida assegura atendimento humanizado

A Casa da Acolhida é situada na Rua Jandaia, 1765, no Jardim Rasselen. O telefone para contato é (67) 3411-7716 e 67- 8468-8045 – Anderson Zanatta/Assecom

Sempre com olhar humanizado e fazendo valer o compromisso com as pessoas, equipe da Casa da Acolhida, mantida pela Prefeitura de Dourados, oferece serviço de acolhimento institucional para adultos e famílias que utilizam as ruas como espaço de moradia e/ou de sobrevivência.

 

Com acompanhamento de psicóloga e assistente social, a Casa oferece estrutura com 36 leitos, alimentação, kit de higiene, inscrição no Cadastro Único Federal e encaminhamentos para rede intersetorial de serviços do Município. O funcionamento do local é 24 horas.

 

Como meta, a Casa da Acolhida tem o objetivo de garantir os direitos do cidadão, levando-o a se reconhecer como sujeito de direitos e prioridade absoluta, resgatar a cidadania e buscar na rede de assistência socioassistencial mecanismos que venham coibir o impacto do abandono na vida dos que vivem em situação de rua.

“Precisamos entender que o cidadão não está de favor aqui dentro, ele está aqui porque ele tem direito. Precisamos tratar o cidadão com humanização, que ele saia daqui com autonomia. A vida do ser humano não se resume só num prato de comida e uma cama para dormir; vai muito mais além que isso. É essencial trata-lo com dignidade. E é este o pensamento e a determinação da prefeita Délia Razuk, que sempre nos pede que façamos valer o slogan da gestão, que é compromisso com as pessoas”, destaca a coordenadora da Casa da Acolhida, Cleibe Maria da Silva.

“Sempre procuramos trabalhar com a equipe, principalmente quando chegam, de ter um acolhimento bom e perfeito. É um processo dinâmico de construção social ao criar e recriar uma posição consciente e transformadora até o acolhido dizer “Eu posso fazer a diferença”, e de nós termos a consciência que a Casa da Acolhida contribui com essa diferença na vida dele”, completa a coordenadora.

 

Humanizar o acolhimento é um objetivo constante da Casa da Acolhida. O ato de cuidar tem como base o princípio da integralidade, tendo como principal alvo o indivíduo, suas dificuldades e problemas.

 

BALANÇO

Em 2019, a Casa da Acolhida atendeu 952 pessoas, sendo 839 homens e 113 mulheres. Diariamente são oferecidas quatro refeições – café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar. No ano foram concedidos 4.421 cafés da manhã, 3.878 almoços, 3.510 lanches da tarde e 4.433 jantares, além da distribuição de 2.402 kits de higiene.

 

Além do apoio da Prefeitura de Dourados, universidades e sociedade em geral têm contribuído para melhorar cada dia mais esse serviço.

 

“É de grande relevância o trabalho da Casa da Acolhida para o município de Dourados. É um trabalho que vem beneficiar aos mais vulneráveis que vivem em situação de rua ou em trânsito, vindos de municípios do nosso estado e de outros estados. Nosso objetivo em relação a este acolhimento é dar um atendimento de qualidade e com equipe técnica capacitada, respeitando as normativas e resolução da casa”, destacou Maria Fátima Silveira de Alencar, secretária municipal de Assistência Social de Dourados.

Desenvolvido pelo Depto de Tecnologia da Informação - Secretaria Municipal de Administração - Prefeitura de Dourados - 2020