Eletroencefalografia tem atendimento modelo na Policlínica de Atendimento Infantil

Prefeita Délia Razuk ouve explicações obre o funcionamento do serviço de eletro na PAI – Marcos Pierry

A Policlínica de Atendimento Infantil (PAI) está realizando, em média, 40 exames de eletroencefalografia por mês em Dourados. O aparelho chegou ao final do ano passado e durante os meses de dezembro e janeiro foram instalados, enquanto os profissionais recebiam treinamento especializado para dar início ao atendimento dos pacientes que aguardavam pelo procedimento.

O equipamento conseguido por intermédio do Ministério Público do Trabalho ampliou os focos de atendimento na Policlínica, que hoje chegam a 40 pacientes por dia. De acordo com a responsável e coordenadora técnica Marina Rodrigues dos Santos Kupfer, cada exame demora por volta de uma hora e meia.

“Fazemos em média 40 atendimentos. Cada um deles leva pelo menos uma hora e meia, sendo executado dentro dos melhores padrões. Nosso principal foco é a qualidade do trabalho desenvolvido, com total segurança”, afirmou Marina Kupfer.

Por sua vez, Valéria Milan Mattos, coordenadora administrativa da Policlínica, explica que “o atendimento tem sido rápido e estamos conseguindo priorizar os diagnósticos mais graves. Assim estamos conseguindo atender a demanda, dentro das nossas possibilidades, sempre buscando dar prioridade aos casos mais urgentes”.

OUTRAS ESPECIALIDADES

O público infantil recebe ainda outros atendimentos na Policlínica. Incluindo a eletroencefalografia, existem outras 12 especialidades. Todas elas vêm apresentando bons resultados no atendimento às crianças na faixa etária de zero a 15 anos.

Os números mensais são os seguintes: Fonoaudiologia, 424; Psicologia, 528; Pediatria, 320; Pneumologia, 32; Alergo/imunologia, 481; Ortopedia, 48; Homeopatia, 160; Dermatologia, 88; Enfermagem, 580; Odontopediatria, 2.500; Psiquiatria, 256; e Neuropediatria, 240.

Além disso, há que se destacar o que o atendimento e o ambiente são totalmente voltados para o público infantil. A Policlínica de Atendimento Infantil foi idealizada pela prefeita Délia Razuk quando ainda vereadora, depois, como prefeita interina cadastrou o projeto e acabou inaugurando a estrutura em 2017, já à frente do executivo municipal.

 

Desenvolvido pelo Depto de Tecnologia da Informação - Secretaria Municipal de Administração - Prefeitura de Dourados - 2019