Prefeitura coloca 100% da frota de viaturas de emergência e transporte no atendimento

Prefeitura colocou toda a frota ambulâncias em condições adequadas de uso – A. Frota

A população douradense contava apenas com duas ambulâncias do Samu (Serviço Móvel de Atendimento de Urgência) para atendimento das demandas da saúde, no início deste ano, e atualmente conta com 14 viaturas no total. Possibilitar que 100% das viaturas estivessem aptas para o serviço foi um trabalho direcionado pela gestão Délia Razuk por meio da Secretaria Municipal de Saúde.

Para os atendimentos de emergência, o Samu possui três viaturas em constante operação e duas como reserva para esta finalidade. Para o transporte de pacientes, o serviço conta com uma em operação e outra como reserva.

A Secretaria de Saúde conta com três viaturas para viagens na sede do município e quatro que atendem aos distritos. Estas são destinadas ao transporte de pacientes dentro e fora do Estado.

De acordo com a Secretaria de Saúde, o investimento para recuperar as viaturas que necessitavam de revisões, desde a parte elétrica até a de motor, foi em torno de R$ 200 mil. A prefeita Délia Razuk enfatiza que os esforços da administração para colocar toda a frota na “ativa” têm foco na maior qualidade do atendimento à população.

“Estamos atualmente atendendo com 100% das viaturas e isso ocorre na contramão da realidade de várias cidades do país. Tanto as de urgência quanto as de transporte estão consertadas e revisadas e agora podemos contar também com as de reserva para que o atendimento à população seja garantido”, ressaltou.

Prefeitura colocou toda a frota ambulâncias em condições adequadas de uso – A. Frota

O gerente de frota da Sems, Leandro Ferreira da Costa, explica que atualmente as viaturas possuem alguns anos de uso e necessitavam dos serviços. “São ações necessárias, por conta do desgaste, comum com o tempo. Agora, se houver quebra ou algum problema, o serviço não vai parar, pois se conta com as viaturas reservas, conforme aconselha o Ministério Público”, explica.

Além das viaturas, o Samu conta com uma “motolância”. Esta também contou com o serviço de revisão e tem papel fundamental no serviço de apoio dos profissionais.

“Um profissional de enfermagem usa a motolância para atendimento de ocorrências mais simples, que não precisam de remoção; isso auxilia muito no serviço”, destaca Ronaldo Marques Sobrinho, coordenador Administração e Enfermagem do Samu.

O Serviço possui três equipes em atendimento constantemente (24 h) e um veículo reforço cedido pela justiça. O Samu de Dourados regula ainda o atendimento prestado em Ponta Porã, Naviraí e Nova Andradina.

A gerência de frota do Samu destaca que sob determinação da gestão, as ações de revisão em geral serão realizadas nos veículos dentro da frequência correta, a fim de conservar os mesmos e evitar prejuízos no serviço da saúde no município.

 

 

Desenvolvido pelo Depto de Tecnologia da Informação - Secretaria Municipal de Administração - Prefeitura de Dourados - 2017